Alex Telles já pensa no bicampeonato para o FC Porto

| Futebol Nacional

O futebolista acredita na conquista do bicampeonato
|

Um título de campeão sabe a pouco por isso o futebolista do FC Porto, Alex Telles, partiu para férias a pensar no bicampeonato, como revelou à Antena1.

O rei das assistências (13) do último campeonato sabe que tem mercado mas a vontade é ficar pelo Dragão.

O jogador olha o futuro próximo e sabe que na próxima época a equipa portista será o principal alvo a abater mas assegura que o grupo voltará, depois das férias, ainda mais forte para voltar a ganhar.



Telles espera que não saiam muitos jogadores e fica feliz por poder continuar a trabalhar com a equipa técnica liderada por Sérgio Conceição.

Do que está para traz revela o que passou pela cabeça de todos quando perderam a liderança no campeonato para o Benfica já no fim da época e disse que a equipa sabia que tinha capacidade para vencer.

E a roda mais importante do grupo até aconteceu fora do relvado quando todos se uniram para analisar o que corria menos bem e tentar melhorar.

Em todo o grupo Alex Telles elege um jovem jogador que está a emergir na defesa, Diogo Dalot.

Com dupla nacionalidade Alex Telles pode jogar pela seleção do Brasil e da Itália e nesta altura não fecha a porta a ninguém, embora o sonho seja vestir a camisola do “escrete” e esse dia vai chegar.

Alex Telles em entrevista à Antena 1 antes das férias e depois de ter sido campeão nacional pelo FC Porto.

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        A Austrália enfrenta a maior seca de que há memória, afetando agricultores e criação de gado.