Benfica procura 10.ª vitória no campeonato da I Liga

por Mário Aleixo - RTP
O Benfica volta aos Açores para o defrontar o Santa Clara onde venceu a época passada por 2-0 Eduardo Costa-Lusa

O líder Benfica, que vem de nova desilusão europeia, procura, no sábado, na visita aos açorianos do Santa Clara, a 10.ª vitória na I Liga portuguesa de futebol, e oitava consecutiva, numa 11.ª jornada recheada de dérbis.

Os encarnados visitam os Açores, no sábado, poucos dias depois de terem somado a terceira derrota na fase de grupos da Liga dos Campeões, por 3-1, em Lyon, que deixou os campeões nacionais praticamente fora dos oitavos de final da prova.

Em contraste com as fracas prestações europeias, o Benfica tem dominado internamente, ocupando a liderança isolada, com nove vitórias em 10 jornadas e triunfos nos derradeiros sete jogos, depois do desaire por 2-0 na receção ao FC Porto, à terceira ronda.

As “águias”, que com Bruno Lage ao comando ganharam todos os jogos fora no campeonato (13, incluindo um no Dragão, um em Alvalade e dois em Braga), o primeiro precisamente na casa do Santa Clara (2-0, em 11 de janeiro), tentam manter-se sozinhas no topo, antes de mais uma paragem, para seleções e Taça de Portugal.

Quatro dérbis

A ronda, que começa esta sexta-feira, com a receção do lanterna-vermelha Desportivo das Aves ao Gil Vicente, reserva quatro dérbis: Famalicão-Moreirense, Sporting-Belenenses SAD, Vitória de Guimarães-Sporting de Braga e Boavista-FC Porto.

No sábado, já depois do Rio Ave-Vitória de Setúbal e do Santa Clara-Benfica, o surpreendente Famalicão recebe o Moreirense. Os famalicenses continuam seguros no terceiro posto, com 23 pontos, tendo conseguido um importante empate 2-2 em Braga, num encontro em que conseguiram chegar à igualdade perto do final e mesmo reduzidos a 10 elementos.

“Dragões” com jogo de risco

No dia seguinte, o FC Porto, a dois pontos do líder, fecha a ronda no Estádio do Bessa, perante um Boavista que averbou o primeiro desaire na prova na última jornada, embora se mantenha a apenas dois pontos do quarto lugar, ocupado pelo Sporting.

Os “dragões” ficam à espreita de um deslize do Benfica, embora visitem um reduto no qual, na temporada transata, apenas conseguiram vencer com um golo aos 90+5 minutos e onde os “axadrezados” seguem invictos em 2019/20.

Sporting tenta estabilizar

Já o Sporting, que na jornada transata se afastou ainda mais dos lugares cimeiros – já está a 10 pontos da liderança – com a derrota em Tondela (1-0), a primeira com Silas ao comando, vai receber, em Alvalade, o Belenenses SAD, equipa que, até há pouco tempo, era orientada pelo atual técnico ‘leonino’.

Dérbi no Minho

Entre as partidas de Alvalade e do Bessa, terá lugar o grande dérbi minhoto, entre os também “europeus” Vitória de Guimarães e Sporting de Braga, duas equipas com trajetos opostos interna e externamente.

Os vimaranenses estão praticamente eliminados da Liga Europa, tendo conquistado o primeiro ponto na quarta-feira, na receção ao Arsenal (1-1), mas no campeonato seguem no quinto lugar, logo atrás do Sporting.

Em contraste, os "arsenalistas" lideram o Grupo K, mas na I Liga continuam sem estabilizar, ocupando um modesto 11.º posto, com apenas três vitórias em 10 jogos.

Também no domingo, disputam-se os jogos Paços de Ferreira-Tondela e Marítimo-Portimonense.

Programa da 11.ª jornada:

- Sexta-feira, 8 nov:

Desportivo das Aves – Gil Vicente, 20h30

- Sábado, 9 nov:

Rio Ave – Vitória de Setúbal, 15h30

Santa Clara – Benfica, 18h00

Famalicão – Moreirense, 20h30

- Domingo, 10 nov:

Paços de Ferreira – Tondela, 15h00

Marítimo – Portimonense, 15h00

Sporting – Belenenses SAD, 18h30

Vitória de Guimarães – Sporting de Braga, 20h00

Boavista – FC Porto, 21h00