Detido antigo líder da Juventude Leonina Fernando Mendes

| Futebol Nacional

As buscas decorreram em vários locais, incluindo o estádio de Alvalade e as instalações da claque Juventude Leonina
|

Fernando Mendes, antigo líder da Juventude Leonina, foi detido na quarta-feira, após buscas relacionadas com a investigação das agressões em Alcochete. Foram detidos mais três suspeitos, entre os quais o condutor do carro que entrou e saiu da Academia do Sporting no dia das agressões. A Procuradoria Distrital de Lisboa já confirmou a detenção de quatro novos suspeitos.

De acordo com a Procuradoria, “foram detidos quatro novos suspeitos, entretanto constituídos arguidos, por existirem fortes indícios de comparticipação nos factos ocorridos no dia 15.05.2018 cerca das 17h, na Academia do Sporting Clube de Portugal (SCP), susceptíveis de integrar a prática dos crimes de introdução de lugar vedado ao público, ameaça agravada, ofensa à integridade física qualificada, sequestro, dano com violência, detenção de arma proibida agravado, incêndio florestal, resistência e coação sobre funcionário e terrorismo”.

A Procuradoria não revelou a identidade dos detidos.

O Ministério Público refere que foram emitidos quatro mandados de busca domiciliária e uma não domiciliária. Na operação participaram PSP e GNR.

Vários elementos das forças policiais estiveram durante a noite de quarta-feira no estádio de Alvalade, nomeadamente, na sede da Juventude Leonina.

A RTP apurou que Fernando Mendes e outras três pessoas, ao que tudo indica todos ligados à Juve Leo, foram os detidos na sequência da investigação às agressões na Academia de Alcochete.
Antena 1
Um desses detidos é Nuno Torres que conduziu o carro que saiu da Academia pouco tempo depois das agressões, transportando várias pessoas no interior, entre elas, Fernando Mendes.

Após os incidentes, Nuno Torres descreveu à RTP o que se passou no Centro de Estágio do Sporting.

Tanto Nuno Torres como o antigo líder da Juventude Leonina negaram qualquer envolvimento nas agressões.

Fernando Mendes terá estado na Academia de cara destapada na altura dos incidentes e Jorge Jesus terá falado com ele, pedindo ajuda para pôr termo às agressões.

O antigo líder da Juve Leo não escondeu o desagrado com a prestação da equipa no jogo contra o Marítimo, num incidente no aeroporto da Madeira.

Em causa está a investigação às agressões a jogadores e equipa técnica do Sporting, a 15 de maio, que terão sido levadas a cabo por cerca de meia centena de pessoas encapuzadas que invadiram as instalações da Academia, em Alcochete. Depois das agressões, o grupo fugiu do local.

Após os incidentes, 23 pessoas foram detidas e continuam em prisão preventiva. Estão indiciados pelos crimes de terrorismo, ofensa física qualificada, sequestro e dano com violência.

Os quatro detidos na operação desta quarta-feira deverão ser presentes a um juiz no tribunal do Barreiro, para primeiro interrogatório judicial.

Tópicos:

Academia, Agressões, Alcochete, Buscas, Claque, Fernando Mendes, Juve Leo, Sporting,

Pesquise por: Academia, Agressões, Alcochete, Buscas, Claque, Fernando Mendes, Juve Leo, Sporting,

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

    É um desejo antigo do Homem poder tocar as estrelas. Um feito que parece ser agora "quase" alcançável através da missão espacial solar Parker.

      Entre as 21h00 de domingo e as 8h00 de segunda-feira, o mundo viu uma chuva de Perseidas, espetáculo habitual em agosto. Nos locais mais remotos, foi possível admirar melhor o fenómeno.

        Uma semana depois de as chamas deflagrarem em Monchique, a Proteção Civil deu o incêndio como dominado e em fase de resolução. Portugal volta a ser o país com mais área ardida na Europa.