Futebol de Lés a Lés

| Futebol Nacional
Futebol de Lés a Lés

Águeda não rejeita a hipótese de subir aos campeonatos profissionais.

O Recreio Desportivo de Águeda está a realizar uma campanha meritória na Série C do Campeonato de Portugal.

Pé ante pé a equipa de futebol principal do Águeda cimenta uma posição dianteira no Campeonato de Portugal.

O treinador José Rachão revelou, nesta edição de Futebol de Lés a Lés, a ideia da equipa: “Traçámos o plano A e o plano B. Primeiro procuramos atingir a barreira de segurança da manutenção o mais rapidamente possível o que pensamos alcançar até ao final da primeira volta. Depois vamos refletir, ver como está o campeonato, avaliar os nossos meios para tentar outros objetivos”.

O técnico está consciente que a equipa do Águeda nos últimos 10 anos passou oito nos distritais e a adaptação à competição nacional requer tempo.

José Rachão já conhece o potencial dos seus adversários nesta série C mas o campeonato é complicado e por isso prefere pensar no dia-a-dia e “jogar com os pés bem assentes no chão”.

Questionado sobre se tem sido conversa de balneário a possibilidade do Águeda poder chegar ao primeiro lugar este domingo, dado que 1º (U. Leiria) e 3º (Benf. CB) jogam entre si, o treinador respondeu com pragmatismo: “Hoje os atletas têm de estar sempre preparados para ganhar, não faz sentido haver outro discurso no balneário. Sabemos o que queremos”.

Em Águeda já se ouvem cantar os galos do Botaréu.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Redação da RTP votou sobre as figuras e acontecimentos mais destacados, a nível nacional e internacional. Veja aqui as escolhas.

    O embaixador russo em Lisboa afirma, em entrevista à RTP, que as declarações e decisões de Donald Trump sobre Jerusalém podem incendiar todo o Médio Oriente.

    Rui Rosinha, bombeiro de Castanheira de Pêra, sofreu queimaduras de terceiro grau e esteve dez horas à espera de ser internado. Foi operado 14 vezes e regressou a casa ao fim de seis meses.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.