Futebol de Lés a Lés

| Futebol Nacional
Futebol de Lés a Lés

Louletano reforça plantel para garantir manutenção no Campeonato de Portugal.

O Louletano Desportos Clube está decidido a consolidar um lugar no Campeonato de Portugal.

Depois de uma primeira volta que ficou aquém das expetativas a equipa do Louletano está disposta a fazer uma segunda volta bem melhor.

No comando técnico da equipa está um profundo conhecedor do futebol Fernando Pires, conhecido no desporto-rei pelo diminuitivo de Fanã, ele que a par de Paco Fortes, nos anos 80/90 do século passado fizeram maravilhas à frente do SC Farense.

Nesta edição e Futebol de Lés a Lés Fanã revela o que está a ser feito para melhorar a equipa: “O plantel é demasiado jovem e estamos a procurar reforçar a equipa que tem carências em alguns setores”.

Do que conhece dos adversários o técnico algarvio analisa desta forma a Série E: “Há cinco equipas mais fortes que se apetrecharam para subir de divisão e as outras são todas muito equilibradas e acabam por decidir os jogos em pormenores”.

Depois de passar por Omã, Koweit e Emirados Árabes Unidos o treinador explica porque decidiu voltar: “Estava um pouco cansado de estar tantos anos fora e é a hora de me restabelecer no futebol nacional”.

Na hora do regresso Fanã confessa que esperava ver um futebol português mais forte ao nível das competições não-profissionais: “A qualidade futebolística desceu um pouco embora se encontre aqui e ali jovens que tentem singrar no futebol e atingir patamares superiores”.

Fanã, um algarvio de gema, a abraçar um desafio aliciante da sua carreira, ajudar a dar estabilidade ao carismático Louletano.

A informação mais vista

+ Em Foco

O homem que se deixa guiar mais pela racionalidade e disciplina considera que chegou o momento de “mobilizar os portugueses e com eles restabelecer a confiança num futuro melhor”.

    Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

      Em entrevista ao programa Visão Global da Antena 1, o ministro dos Negócios Estrangeiros reforça o apoio ao diálogo político na Venezuela e falou sobre as relações entre Portugal e Angola.

      O ministro da Administração Interna garante em entrevista à Antena 1 que não será "nem para o ano, nem daqui por dois" que ser resolve o problema dos incêndios em Portugal.