Futebol de Lés a Lés

| Futebol Nacional
Futebol de Lés a Lés

Vizela já prepara a segunda fase do Campeonato de Portugal.

A equipa do Futebol Clube de Vizela está na segunda fase do Campeonato de Portugal e já prepara os jogos decisivos de maio.

Nesta edição do Futebol de Lés a Lés o treinador Carlos Cunha reconheceu que a caminhada “não foi fácil mas tal como pretendíamos foi conseguido o objetivo de estar nos ‘play-off’ num campeonato muito competitivo”.

Sobre as dificuldades internas e externas sentidas pela equipa na fase regular que está a duas jornadas do final o técnico lembrou: “Internamente não foi difícil devido à qualidade do plantel e externamente foi mais complicado devido ao nível dos adversários”.

A impressionante solidez defensiva da equipa motivou a seguinte explicação: “Foi a pedra de toque. Fomos uma equipa muito competente e conseguimos ser sempre equilibrados e consistentes”.

A propósito do momento atual da equipa Carlos Cunha adiantou: “Estamos motivados e como alcançamos o apuramento a três jornadas do final, neste momento já estamos a trabalhar na fase decisiva de maio”.

Na hora de identificar os adversários mais poderosos na segunda fase o treinador afirmou: “É difícil apontar favoritos mas Farense e U. Leiria são equipas que se destacaram na fase regular mas todos os outros são competentes”.

Carlos Cunha, treinador da equipa principal do Vizela, o desafio de levar o clube às ligas profissionais está ao virar da esquina.

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

    É um desejo antigo do Homem poder tocar as estrelas. Um feito que parece ser agora "quase" alcançável através da missão espacial solar Parker.

      Entre as 21h00 de domingo e as 8h00 de segunda-feira, o mundo viu uma chuva de Perseidas, espetáculo habitual em agosto. Nos locais mais remotos, foi possível admirar melhor o fenómeno.

        Uma semana depois de as chamas deflagrarem em Monchique, a Proteção Civil deu o incêndio como dominado e em fase de resolução. Portugal volta a ser o país com mais área ardida na Europa.