Guerreiro enaltece empate do V. Setubal no Dragão

| Futebol Nacional
Guerreiro enaltece empate do V. Setubal no Dragão

O antigo avançado realçou a união da equipa frente ao FC Porto.

O ex-avançado dos setubalenses nas décadas de 60 e 70 do século passado, em declarações ao jornalista da Antena 1 José Carlos Lopes, classificou de “bonito” o ponto conquistado frente ao FC Porto, empate 1-1, e lembrou que no corrente campeonato o Vitória de Setúbal “não perdeu os quatro jogos realizados, dois frente ao Benfica e os outros dois com o FC Porto”

Sobre o desafio frente aos azuis e brancos Guerreiro considerou que “o Vitória jogou bem e beneficiou do desespero dos portistas que na tentativa de alcançar o segundo golo cometeram muitos erros”.

A concluir o antigo jogador lembrou que estes resultados “ficam para a história” e gostaria de os ver repetidos como acontecia no seu tempo”.

A informação mais vista

+ Em Foco

Houve aldeias ceifadas e vidas destruídas. O medo viveu ao lado de histórias de heroísmo. Contamos as estórias que agora preenchem dezenas de aldeias esquecidas, muitas pintadas a cinza.

    O incêndio de Pedrógão Grande provocou a morte de 64 pessoas e deixou mais de 200 pessoas feridas. Revisitamos os últimos dias com fotografias e imagens aéreas captadas com recurso a um drone.

      É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

      Nodeirinho é a aldeia mártir do incêndio de Pedrógão Grande. É uma aldeia em ruínas, repleta de casas queimadas e telhados no chão. Um cenário de desolação e dor.