Lesão grave afasta Mbaye da baliza do Académico de Viseu

por RTP

O guarda-redes senegalês Mbaye, do Académico de Viseu, vai ser operado a uma lesão no joelho, e enfrenta uma longa paragem, informou o clube da II Liga de futebol.

Reforço da época, o futebolista, que foi campeão em 2020 pelo FC Porto, lesionou-se no joelho direito na partida da quinta jornada da II Liga, no empate a dois golos frente ao Farense, no seu primeiro jogo da época como titular.

Os exames complementares confirmaram a rotura nos ligamentos, que vai obrigar a uma intervenção cirúrgica que afastará o atleta dos relvados nos próximos seis meses, o tempo mínimo habitual de recuperação para este tipo de lesões.

É a segunda vez na carreira que Mbaye sofre uma lesão desta gravidade, depois de uma semelhante, mas no joelho esquerdo, durante a pré-época de 2020/21 da equipa dos 'dragões', que o deixou sem jogar na última temporada.

A gravidade da lesão vai obrigar a SAD do Académico de Viseu, 14.º classificado da II Liga com quatro pontos, a procurar mais uma opção para a baliza, com o técnico Zé Gomes a ter apenas disponíveis Ricardo Janota e o esloveno Domen Gril, numa altura em que a equipa prepara o jogo da sexta jornada frente ao Leixões, com início pelas 19:30 de segunda-feira.

Apesar do mercado de transferências estar fechado, o regulamento de competições prevê uma exceção para situações de lesões graves com guarda-redes.
pub