Natan Costa promete um Oleiros sem alterações

| Futebol Nacional
Natan Costa promete um Oleiros sem alterações

Oleiros e Sporting jogam esta quinta-feira, a partir das 20h15, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal, em futebol.

O treinador da equipa do Oleiros Natan Costa, em declarações à jornalista da Antena 1 Cláudia Martins, assegurou que a sua equipa não mudará a forma de jogar frente aos “leões”.

O técnico revelou a intenção da sua equipa em jogar no campo todo e estar preparada para todos os momentos do desafio.

Natan Costa lembrou ainda que a equipa só fará três treinos até ao encontro esperando que consiga recuperar os índices físicos.

O que não faltará ao Oleiros, na opinião do treinador, será motivação para dar uma boa imagem da equipa e do clube.
Lotação esgotada
O Oleiros indicou ter vendido os últimos 600 bilhetes para o jogo de quinta-feira com os "leões".

O clube revelou que os últimos bilhetes esgotaram em meia hora e que vai instalar uma tenda com um ecrã gigante, junto à Guarda Nacional Republicana (GNR).

"Os bilhetes (600) colocados à venda para sócios e não sócios ontem à tarde (terça-feira), esgotaram em 30 minutos. Tivemos que fechar as bilheteiras, que era suposto estarem a funcionar entre as 17h30 e as 21h00", revelou João Custódio, da direção da Associação Recreativa e Cultural de Oleiros (ARCO).

A capacidade do estádio municipal de Oleiros, de 2.250 lugares.

A informação mais vista

+ Em Foco

A causa do incêndio do Pedrogão Grande terá sido uma linha elétrica de média tensão. Esta é uma das principais conclusões do relatório que o professor Xavier Viegas entregou ao Governo.

Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

    Mário Centeno também deixou no ar a ideia de que, na discussão da especialidade do OE2018, seja posto um ponto final nos cortes do subsídio de desemprego.

    Os governos espanhol e catalão além de estarem de costas voltadas entrincheiraram-se em narrativas de auto-justificação absolutamente incompatíveis entre si.