Problemas físicos inviabilizam por agora negócio de Perin para o Benfica

| Futebol Nacional

Perin apresenta no seu currículo a passagem pela Juventus, mas ainda antes de chegar a Turim esteve cinco temporadas no Génova
|

A realização dos exames médicos, hoje efetuados, revelou que o guarda-redes Mattia Perin tem "um processo de recuperação superior ao inicialmente previsto", justifica o clube da Luz. O guarda-redes italiano de 26 anos era o eleito para a baliza "encarnada".

Problemas físicos detetados nos exames médicos (lesão recente num ombro) dificultaram a oficialização do guarda-redes italiano. 


O Benfica emitiu um comunicado no qual faz saber que a recuperação do atleta irá decorrer na Juventus e, só depois, será oficializado o negócio.
 
Desse modo, Perin vai prosseguir a recuperação à lesão em Turim e só dentro de quatro meses regressará à Luz para assinar pelo Benfica.

Alexandre Albuquerque, Hermano Soares - RTP

"O Sport Lisboa e Benfica informa que, na sequência da realização dos exames médicos, hoje efetuados, se conclui que o guarda-redes Mattia Perin tem um processo de recuperação superior ao inicialmente previsto, sendo de cerca de quatro meses", pode ler-se na nota divulgada no site oficial das 'águias'.

Mattia Perin, de 26 anos, recupera atualmente de uma cirurgia ao ombro, sendo que na quarta-feira, à partida para Lisboa, revelou à imprensa italiana que esperava estar operacional "em meados de setembro".

O plantel do Benfica, que se encontra nos Estados Unidos, para disputar a International Champions Cup, conta com três guarda-redes: o grego Odysseas Vlachomidos, o belga Mile Svilar e o russo Iván Zlobin.

Perin apresenta no seu currículo a passagem pela Juventus, mas ainda antes de chegar a Turim esteve cinco temporadas no Génova, um clube no qual jogou ao lado do internacional português Miguel Veloso.

O internacional português referiu, em entrevista à Antena 1, elogiou o Benfica pela contratação de Mattia Perin. Esperava-se que o guarda-redes, presente em Portugal, fosse oficializado esta quinta-feira mas as informações foram no sentido oposto da entrada em grande no plantel do campeão nacional.   

A informação mais vista

+ Em Foco

Milícias separatistas apoiadas e armadas pelos Emirados Árabes Unidos tomaram a capital do sul, reforçando a sua posição face aos antigos aliados sauditas.

    Dois anos depois do grande incêndio de Pedrógão, a floresta continua por ordenar e o Governo conta com pelo menos uma década para introduzir as mudanças necessárias.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.