Receita do jogo entre Guimarães e Chaves reverte para Moçambique

| Futebol Nacional

|

A receita da venda de bilhetes para o jogo entre Vitória de Guimarães e Desportivo de Chaves, da 28.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, vai reverter a favor das vítimas do ciclone Idai em Moçambique.

O clube vimaranense anunciou hoje, no sítio oficial na Internet, que "não poderia passar ao lado da tragédia que atingiu Moçambique" e decidiu enviar para aquele país africano o dinheiro da bilheteira da partida, marcada para o fim de semana de 6 e 7 de abril, no Estádio D. Afonso Henriques.

“O Vitória informa que a receita de bilheteira resultante da venda de bilhetes ao público visitante e de bilhetes de acompanhante de sócio, referente ao encontro da 28.ª jornada da I Liga, entre Vitória e Chaves, reverterá a favor daquele país", indica a nota publicada no site dos vitorianos.

O balanço provisório da passagem do ciclone Idai é de 557 mortos, dos quais 242 em Moçambique, 259 no Zimbabué e 56 no Maláui.

O ciclone afetou pelo menos 2,8 milhões de pessoas nos três países africanos e a área submersa em Moçambique é de cerca de 1.300 quilómetros quadrados, segundo estimativas de organizações internacionais.

A cidade da Beira, no centro litoral de Moçambique, foi uma das mais afetadas pelo ciclone, na noite de 14 de março, e a ONU alertou que 400.000 pessoas desalojadas necessitam de ajuda urgente, avaliada em mais de 40 milhões de dólares (mais de 35 milhões de euros).

A informação mais vista

+ Em Foco

Pela primeira vez desde que assumiu o mandato, o secretário-Geral da ONU fala abertamente à RTP dos principais conflitos globais.

É até hoje a mais icónica das aventuras da exploração espacial. Há 50 anos, o Homem chegava à Lua à boleia da NASA. Percorrermos aqui todos os detalhes da missão, dia a dia.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.