Rúben Ribeiro é o sétimo jogador a rescindir com o Sporting

| Futebol Nacional

Rúben Ribeiro fotografado em fevereiro deste ano durante uma conferência de imprensa antes do encontro com o Astana para a Liga Europa
|

O médio Rúben Ribeiro somou esta quinta-feira o nome à lista de jogadores que decidiram rescindir unilateralmente com o Sporting Clube de Portugal. É o sétimo atleta a fazê-lo, depois de Rui Patrício, Daniel Podence, Bruno Fernandes, Gelson Martins, William Carvalho e Bas Dost. Bruno de Carvalho já reagiu. “Isto está uma loucura total”, escreveu no Facebook.

A notícia foi avançada pela edição online do diário desportivo Record.

O contexto de crise no seio dos leões começou com a perda do segundo posto na I Liga para o rival Benfica, na derradeira jornada do campeonato. Agravar-se-ia a 15 de maio, quando um grupo de dezenas de encapuzados invadiu a Academia de Alcochete e agrediu jogadores e membros da equipa técnica.

Rui Patrício e Daniel Podence foram os primeiros atletas a avançar com rescisões. Seguiram-se Gelson Martins, William Carvalho, Bruno Fernandes, Bas Dost e, agora, Rúben Ribeiro. O técnico Jorge Jesus rescindiu por mútuo acordo, tendo entretanto assinado pelos sauditas do Al Hilal.

Na passada segunda-feira, confrontado com a vaga de rescisões no plantel sportinguista, Bruno de Carvalho prometia demitir-se “imediatamente”, caso os jogadores que até então haviam batido com a porta recuassem.

“Se para os atletas o problema é este Conselho Diretivo, os jogadores que escrevam uma carta a dizer que se esta direção se demitir voltam atrás nas rescisões e jogam no Sporting e que se nos voltarmos a candidatar e ganharmos, continuam a valer estas premissas. Na mesma hora demitimo-nos. E tem de ser os seis, não basta um jogador”, clamava nessa conferência de imprensa o presidente do Sporting.
“Loucura total”
O presidente do Sporting, ontem suspenso pela comissão de fiscalização – medida rejeitada de imediato pela direção -, já reagiu à notícia da saída de Rúben Ribeiro, escrevendo na rede social Facebook que “as cartas até agora recebidas utilizaram todas a mesma minuta”.

“Isto está numa loucura total. Vale tudo”, lê-se no post de Bruno de Carvalho, que mostra mensagens de telemóvel que trocou com o médio e que, argumenta o dirigente desportivo, “não deixam qualquer dúvida de não existir justa causa de nada”.


“O que andam a prometer a estes atletas que estão a arruinar as suas carreiras?”, pergunta ainda Bruno de Carvalho.

c/ Lusa

Tópicos:

Médio, Rescisão, Rúben Ribeiro, Sporting,

Pesquise por: Médio, Rescisão, Rúben Ribeiro, Sporting,

A informação mais vista

+ Em Foco

Raptos e assassínios de opositores em países estrangeiros, levados a cabo pelos serviços secretos, têm um longo historial.

Logo após a recuperação das armas roubadas, o ex-chefe do Estado-Maior do Exército proibiu a PJ de entrar na base de Santa Margarida.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.