Sete detidos e seis polícias feridos após o clássico

| Futebol Nacional

Os desacatos após o Benfica-FC Porto levou à detenção de seis pessoas
|

Sete pessoas foram detidas e seis polícias e alguns adeptos do Benfica e do FC Porto ficaram feridos domingo à noite, nas ruas adjacentes ao Estádio da Luz, em Lisboa, durante desacatos após o jogo entre os dois clubes, informou a PSP.

"Houve sete detenções no total por agressões e arremesso de objetos a polícias e por posse e deflagração de artefactos pirotécnicos e também um indivíduo identificado por contrafação, em que foi apreendido o material contrafeito", disse o comissário da PSP Sérgio Soares aos elementos da comunicação social.

De acordo com o mesmo responsável policial, "seis polícias foram feridos pelo arremesso de garrafas e pedras por parte dos adeptos do Sport Lisboa e Benfica", obrigado as autoridades a usarem "a força de uma forma mais elevada".

Foram usados "vários meios coercivos" pela polícia para obrigar os adeptos benfiquistas a saírem do complexo desportivo, nomeadamente "arma de fogo com bagos de borracha", tendo sido disparados tiros para o ar, mas também para "zonas menos letais, de forma a que os adeptos abandonassem o local", explicou o comissário.

Segundo o agente da autoridade, os distúrbios começaram "no topo sul do Estádio do Benfica" entre os adeptos do clube e, após a intervenção policial, "a agressividade dos adeptos do Benfica virou-se para a PSP".

O comissário adiantou que houve adeptos do Benfica e do FC Porto que também ficaram feridos, embora não conseguisse dizer quantos.

Várias ambulâncias acorreram ao local para prestar assistência aos feridos.

"Sabíamos que era um jogo de risco elevado, com casa cheia, cerca de 63 mil espetadores, 3.400 oriundos e adeptos do Porto", sublinhou Sérgio Soares à estação de televisão.

"Tendo em conta o contexto, decidimos colocar este policiamento mais musculado e, de facto, houve necessidade de usá-lo na parte final do jogo depois da desordem entre os adeptos do Benfica", acrescentou o comissário.

Um golo de Herrera, aos 90 minutos, deu hoje ao FC Porto a vitória no clássico com o Benfica, por 1-0, e devolveu aos `dragões` a liderança da I Liga da portuguesa de futebol, na 30.ª jornada.

A vitória no Estádio da Luz deixa o FC Porto no comando do campeonato.

Tópicos:

Benfica, Estádio, Herrera,

Pesquise por: Benfica, Estádio, Herrera,

A informação mais vista

+ Em Foco

O antigo procurador-geral da República do Brasil revelou à RTP que já recebeu várias ameaças de morte e defendeu uma reforma profunda do sistema político brasileiro.

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

    O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.