Portugal termina em 5.º lugar o Mundial futsal para atletas com Síndrome de Down

por Lusa
Portugal teve uma boa prestação no Mundial de futsal para atletas com Síndrome de Down Pedro A. Pina - RTP

A seleção portuguesa de futsal para atletas com Síndrome de Down, campeã europeia em título, terminou na quinta posição o Mundial, disputado no Brasil, depois de golear na terça-feira o Chile por 9-2.

O Brasil sagrou-se campeão mundial ao bater a Argentina na final, por 7-5, enquanto a Itália, que defendia o título, conquistou a terceira posição, impondo-se ao México por 3-1.

O selecionador Pedro Silva admitiu, em declarações à assessoria de imprensa da Associação Nacional de Desporto para Desenvolvimento Intelectual (ANDDI), que ambicionava um lugar no pódio, mas considerou o quinto lugar “dignificante”.

“Tínhamos a expetativa de arrecadar um lugar no pódio. Contudo, integramos o grupo do Brasil e Argentina, que têm um campo de recrutamento de jogadores muito alargado. Comprovaram em competição, que são na atualidade, as seleções que se encontram num patamar competitivo superior. Alcançamos um honroso e dignificante quinto lugar”, disse.