Estudantes protestam contra assédio sexual no Chile

Dia 6 de junho, milhares de pessoas marcharam por Santiago, capital do Chile, para protestar contra o assédio sexual e o comportamento sexista nas escolas e universidades. Algumas seguravam cartazes com a frase: "O machismo mata".

+ Últimas Galerias de Mundo

+ Últimas Galerias