Pedro Caldeira Rodrigues conta "O Sobressalto Grego"

por Sandra Henriques

Foto: Ricardo Alexandre/Antena1

A obra fala sobre a crise que abala a Europa, a vida na Grécia, o sistema político do país, a ascensão do Syriza e a popularidade de Alexis Tsipras.

Em entrevista ao jornalista da Antena 1 Ricardo Alexandre, Pedro Caldeira Rodrigues explica que “o sobressalto grego é um fenómeno político contemporâneo que aconteceu na Grécia muito recentemente e que se caraterizou pela primeira vez desde a segunda Guerra Mundial pela vitória de um partido designado de Esquerda radical”.

Esse triunfo “é a consequência da aplicação de cerca de cinco anos de políticas de austeridade na Grécia, que na prática não funcionaram e que conduziram a um sobressalto político” e a um “esvaziamento dos dois grandes partidos que governaram a Grécia desde o regresso da democracia”.

Para além disso, verificou-se a emergência de novas formações políticas à Esquerda e à Direita.

O jornalista e autor do livro foi enviado especial da agência Lusa à Grécia por várias vezes nos últimos anos e considera que o país mudou para pior.
Estado de guerra
Mestre em História e especialista na região, Pedro Caldeira Rodrigues afirma que a Grécia foi colocada quase ao nível de um país em estado de guerra.

Pedro Caldeira Rodrigues considera ainda que os gregos não estão desiludidos com o Syriza, até porque as sondagens mostram a popularidade do partido e do seu líder.

O livro “O Sobressalto Grego” é apresentado às 19 horas n’A Barraca, em Lisboa. A capa é uma ilustração de André Carrilho.