Ucrânia. Zelensky classifica ataque russo a centro comercial como "ato terrorista"

por Lusa

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, classificou hoje como um "vergonhoso ato terrorista" o ataque com mísseis russos a um centro comercial em Krementchouk, no centro da Ucrânia, que provocou pelo menos 13 mortos e 40 feridos.

"O ataque russo de hoje a um centro comercial em Krementchouk é um dos mais vergonhosos atos terroristas da história europeia. Uma cidade pacífica, um centro comercial normal (com) mulheres, crianças e civis normais no interior", disse Zelensky num vídeo divulgado no Telegram.

Um míssil russo atingiu hoje um centro comercial na cidade de Kremenchuk, no centro da Ucrânia, onde se encontravam mais de mil pessoas, anunciou o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.

"Os ocupantes dispararam foguetes no centro comercial, onde havia mais de mil civis. O centro comercial está a arder, os socorristas estão a combater o fogo, o número de vítimas é impossível de imaginar", escreveu inicialmente Zelensky naquela rede social, citado pela agência Ukrinform.

A guerra na Ucrânia, iniciada com a invasão russa de 24 de fevereiro, entrou hoje no 124.º dia.

Desconhece-se o número de vítimas, mas a ONU confirmou a morte de mais de 4.600 civis, alertando, contudo, que o balanço real será consideravelmente superior por não ter acesso a muitas zonas do país.

pub