As contas da Champions à entrada para a última jornada da fase de grupos

| Liga dos Campeões

|

O grupo C da Liga dos Campeões é o único dos oito que tem ainda as duas vagas para os oitavos de final em aberto, com Nápoles, Paris Saint-Germain e Liverpool na luta direta.

Dos três, os franceses são os que teoricamente se encontram na melhor posição para seguirem em frente, já que uma vitória em casa dos sérvios do Estrela Vermelha lhes assegura um dos dois primeiros lugares.

Em confronto direto estarão Liverpool e Nápoles, sendo que a vitória apenas interessa aos ingleses, enquanto os italianos, nos quais alinha o português Mário Rui, seguem em frente se assegurarem pelo menos o empate.

Embora fora da corrida aos 'oitavos', o Estrela Vermelha ainda pode aspirar ao terceiro posto, de acesso aos 16 avos de final da Liga Europa, mas, para isso, terá de vencer os parisienses e esperar por uma derrota do Liverpool

A 'poule' pode ainda terminar com os três primeiros igualados com nove pontos - caso o Liverpool vença e o Paris Saint-Germain empate em Belgrado -, o que determinaria que, no campeonato a três, os ingleses asseguram o primeiro lugar e os italianos o segundo, relegando os parisienses para a Liga Europa.

Numa ronda em que as equipas portuguesas têm já o seu futuro definido - o FC Porto como vencedor do grupo D e o Benfica relegado para a Liga Europa no grupo E -, faltam apurar os segundos classificados nos grupos B e F.

No grupo F, o Shakhtar Donetsk, orientado pelo português Paulo Fonseca, tem nas suas mãos a possibilidade de conquistar o segundo posto, precisando de vencer na receção aos franceses do Lyon, equipa do guarda-redes luso Anthony Lopes e que assegura a vaga em caso de empate.

A UEFA decidiu marcar a partida para Kiev devido ao conflito entre a Ucrânia e a Rússia e à imposição da lei marcial em Kharkiv, cidade localizada a cerca de 30 quilómetros da fronteira e que iria receber inicialmente o jogo.

Finalmente no grupo B, a luta resume-se aos ingleses do Tottenham e aos italianos do Inter de Milão, que estão igualados no segundo posto com sete pontos.

O Tottenham parte para a ronda com a vantagem no confronto direto - beneficia do golo marcado fora -, mas a jornada favorece os transalpinos, que recebem os holandeses do PSV Eindhoven, que já não escapam ao último posto do grupo, enquanto os londrinos se deslocam a casa do Barcelona, que já assegurou a vitória no grupo.

Já com a vitória assegurada no grupo D, que lhe confere maiores possibilidades de evitar equipas mais fortes no sorteio para os 'oitavos' - os vencedores dos grupos defrontam os segundos classificados -, o FC Porto desloca-se na terça-feira à Turquia sem a pressão dos pontos, mas com o objetivo de amealhar mais algum dinheiro, já que o triunfo assegura 2,7 milhões de euros.

Intenção idêntica terá o Benfica, que falhou o primeiro objetivo - qualificar-se para os oitavos de final -, mas que já tem assegurada a presença nos 16 avos de final da Liga Europa.

Os 'encarnados', que na temporada passada nem a segunda prova da UEFA garantiram, ao perderem os seis jogos, podem fechar a fase de grupos com dois triunfos, precisando para isso de vencer na quarta-feira na receção aos gregos do AEK, aos quais já venceram em Atenas.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Festa dos Tabuleiros regressa às ruas da cidade de Tomar. Um longo desfile em que 750 tabuleiros são transportados por mulheres.

    Os líderes europeus não chegaram a acordo sobre quem deve liderar a União nos próximos cinco anos.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.