FC Porto a 90 minutos dos "`oitavos` da "Champions"

| Liga dos Campeões

A equipa do FC Porto corre para os oitavos-de-final da liga milionária
|

O FC Porto procura esta quarta-feira garantir um lugar nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões de futebol, na receção ao Mónaco, do técnico luso Leonardo Jardim, na sexta e decisiva jornada do grupo G.

No regresso de João Moutinho e Falcao ao Estádio do Dragão, uma vitória coloca o FC Porto na próxima ronda, mas o empate ou até a derrota podem também servir à formação portuguesa, isto caso o Leipzig não vença ou seja derrotado na receção ao já qualificado Besiktas.

Os turcos somam 11 pontos e já asseguraram o primeiro lugar, enquanto FC Porto e Leipzig têm ambos sete, com os "dragões" a terem vantagem no confronto direto.

O FC Porto vai encontrar um adversário de boa memória, já que conquistou a Liga dos Campeões de 2003/2004 com um triunfo por 3-0 sobre os monegascos. O mesmo resultado alcançou no jogo da primeira volta do grupo, em setembro, com um "bis" de Aboubakar.

Nesse jogo, Sérgio Oliveira foi a grande surpresa do "onze" de Sérgio Conceição, mas o médio é baixa certa para o encontro desta noite, devido a castigo.

O treinador dos azuis e brancos, Sérgio Conceição, na antevisão do encontro, denotou uma dose elevada de otimismo.



O técnico dos franceses, Leonardo Jardim, assumiu as limitações da sua equipa mas reconheceu que o jogo pode ser bom para os jogadores ganharem experiência.



O encontro tem início agendado para as 19h45 e será arbitrado pelo sueco Jonas Eriksson.

A informação mais vista

+ Em Foco

Raptos e assassínios de opositores em países estrangeiros, levados a cabo pelos serviços secretos, têm um longo historial.

Logo após a recuperação das armas roubadas, o ex-chefe do Estado-Maior do Exército proibiu a PJ de entrar na base de Santa Margarida.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.