UEFA satisfeita com o vídeoárbitro na "Champions"

| Liga dos Campeões

A primeira experiência do videoárbitro na "Champions" parece ter agradado aos responsáveis da UEFA
|

A introdução do vídeoárbitro nos primeiros quatro jogos dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol foi feita de forma "perfeita", disse o chefe dos árbitros da UEFA, o italiano Roberto Rosetti.

Numa publicação no sítio "online" da UEFA, Rosetti elogiou o "grande nível de rendimento dos árbitros" e as várias decisões tomadas, quer no campo quer pelo VAR, com destaque para um possível penálti por mão na bola na área do FC Porto, na derrota dos campeões lusos em Roma (2-1).

Ao todo, o jogo no estádio Olímpico de Roma teve quatro situações com intervenção do vídeoárbitro, entre elas o possível fora de jogo no golo do espanhol Adrián Lopez.

Por seu lado, o Manchester United-Paris Saint Germain, que acabou com a vitória dos franceses por 2-0, não teve qualquer intervenção.

No triunfo do tricampeão europeu em título Real Madrid por 2-1 face ao Ajax, em Amesterdão, foi anulado um golo ao argentino Tagliafico, para os holandeses, uma vez que um jogador estava em posição de fora de jogo e interferiu na ação do guarda-redes

Segundo Roberto Rosetti, os resultados comprovam "todo o trabalho duro" colocado na implementação da tecnologia, que vai ser utilizada na Liga dos Campeões, mas também na final da Liga Europa, na Supertaça Europeia, na fase final da Liga das Nações e no Europeu de sub-21.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à Antena 1, o presidente do PS elogia a chamada "geringonça", mas coloca reservas quanto à hipótese de ter BE e PCP num futuro executivo socialista.

    As famílias já pediram o repatriamento, mas o MNE diz que ainda não tem uma solução.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.