Maria Flor Pedroso entrevista António Capucho

| Maria Flor Pedroso
Maria Flor Pedroso entrevista António Capucho

Foto: Antena1

António Capucho depois do Congresso quer recuperar o seu antigo número de militante.

António Capucho, fundador do PSD, antigo governante e dirigente, expulso do partido em 2014 - por ter apoiado uma lista a Sintra de independentes - não admite fazer nova ficha de militante: "O Conselho de Jurisdição tem de arquivar o processo, aliás há precedentes com a eleição de Mário Soares". Capucho, depois do Congresso, quer recuperar o seu antigo número.

António Capucho entende que se deve mudar o Programa do partido, é o que decorre da Moção de Estratégia de Rui Rio.

O antigo ministro dos Assuntos Parlamentares e, por duas vezes, líder parlamentar do PSD deixa ainda duas ideias nesta entrevista à Antena1: Aumentar as quotas dos militantes e acabar com o pagamento em massa.

Pode ver aqui na íntegra esta entrevista de Maria Flor Pedroso a António Capucho:

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

O novo líder do PSD promete dialogar com todos os partidos nesta legislatura, mas tem consciência de que dois anos é pouco tempo para apresentar todas as propostas que defende.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Foram sinalizados casos de mutilação genital numa escola da Baixa da Banheira. Uma associação trabalha com turmas. Ainda há rapazes que defendem a "submissão" como "saudável".

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.