Maria Flor Pedroso entrevista Margarida Balseiro Lopes

| Maria Flor Pedroso
Maria Flor Pedroso entrevista Margarida Balseiro Lopes

Foto: Antena1

Líder da JSD quer ver discutidas, antes das férias parlamentares, a delação premiada e a criminalização do enriquecimento ilícito.


A nova líder da JSD diz que nunca lhe passou pela cabeça liderar o PSD, mas questionada sobre o futuro, não descarta: "não sei", diz.

Mas outras certezas tem Margarida Balseiro Lopes. Quer ver discutidas, antes das férias parlamentares, a delação premiada e a criminalização do enriquecimento ilícito. Ainda não falou com o líder do partido sobre o assunto. "Primeiro falo na JSD, a proposta será da JSD, e só depois falarei com o líder do meu partido".

Outra proposta sobre a qual também ainda não falou com Rui Rio é a exclusividade dos deputados, que defende. "Sei que é muito polémico, até no meu partido". Sugere que, no salário base dos Deputados, sejam incluídas as ajudas de custo iguais para todos, Independentemente do local de residência.

Nesta entrevista à Antena 1, Margarida Balseiro Lopes garante que "em questões de transparência, não importa se é o partido A ou B, temos é de ter a certeza de que não volta a acontecer". Exemplifica com as PPP's e com as rendas fixas.

Tem dúvidas sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito proposta pelo BE, e sustenta que os casos de Sócrates e de Pinho não são para atacar o PS.


Pode ver aqui na íntegra esta entrevista de Margarida Balseiro Lopes a Maria Flor Pedroso:

A informação mais vista

+ Em Foco

O Estado de Kerala, na Índia, está a enfrentar as piores cheias do último século. As chuvas torrenciais fizeram 350 mortos e deixaram cerca de 350 mil pessoas desalojadas.

    Os depósitos foram descobertos nas regiões polares. Se houver gelo suficiente na superfície, a água poderá ser utilizada em futuras missões ao satélite natural.

    Ocupou durante 60 anos vários cargos nas Nações Unidas e viria a deixar a sua marca na história da organização. Kofi Annan morreu em Berna aos 80 anos.

    Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.