Maria Flor Pedroso entrevista Margarida Balseiro Lopes

| Maria Flor Pedroso
Maria Flor Pedroso entrevista Margarida Balseiro Lopes

Foto: Antena1

Líder da JSD quer ver discutidas, antes das férias parlamentares, a delação premiada e a criminalização do enriquecimento ilícito.


A nova líder da JSD diz que nunca lhe passou pela cabeça liderar o PSD, mas questionada sobre o futuro, não descarta: "não sei", diz.

Mas outras certezas tem Margarida Balseiro Lopes. Quer ver discutidas, antes das férias parlamentares, a delação premiada e a criminalização do enriquecimento ilícito. Ainda não falou com o líder do partido sobre o assunto. "Primeiro falo na JSD, a proposta será da JSD, e só depois falarei com o líder do meu partido".

Outra proposta sobre a qual também ainda não falou com Rui Rio é a exclusividade dos deputados, que defende. "Sei que é muito polémico, até no meu partido". Sugere que, no salário base dos Deputados, sejam incluídas as ajudas de custo iguais para todos, Independentemente do local de residência.

Nesta entrevista à Antena 1, Margarida Balseiro Lopes garante que "em questões de transparência, não importa se é o partido A ou B, temos é de ter a certeza de que não volta a acontecer". Exemplifica com as PPP's e com as rendas fixas.

Tem dúvidas sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito proposta pelo BE, e sustenta que os casos de Sócrates e de Pinho não são para atacar o PS.


Pode ver aqui na íntegra esta entrevista de Margarida Balseiro Lopes a Maria Flor Pedroso:

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Um dos mais conceituados politólogos sul-coreanos revelou à RTP o modo de pensar e agir de Pyongyang.

    Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.