Antigo primeiro-ministro francês condenado a 5 anos de prisão

por RTP

O antigo primeiro-ministro francês, François Fillon, foi condenado a cinco anos de prisão. Dois anos terão mesmo de ser cumpridos.

Os juízes deram como provado que o ex-governante desviou dinheiros públicos ao atribuir um emprego fictício à mulher.

Fillon contratou durante vários anos Penélope Fillon como assistente parlamentar, função que ela nunca exerceu, mas o estado francês pagou várias centenas de milhares de euros durante mais de uma década.

Penélope Fillon foi também condenada por cumplicidade e por esconder dinheiros públicos.

O advogado do casal Fillon anunciou que vai recorrer da sentença, até porque uma antiga procuradora admitiu ter sido pressionada, em 2017, a abrir o processo de investigações.
pub