António Guterres encontra-se com Donald Trump pela primeira vez

| Mundo

|

O Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, encontrou-se esta sexta-feira pela primeira vez com Donald Trump na Casa Branca. De acordo com um porta-voz da ONU a conversa com o líder americano foi “interessante e construtiva”. Guterres prometeu voltar a encontrar-se com Trump.

António Guterres esteve na Casa Branca onde se encontrou, primeiramente, com Herbert Raymond McMaster, Conselheiro da Segurança Nacional americana, juntando-se depois a Donald Trump, revelou um porta-voz das Nações Unidas, Stephane Dujarric.

Dujarric disse que “o Secretário-Geral e o presidente concordaram em encontrar-se de novo no futuro” e que a reunião entre ambos foi “construtiva e interessante”. Esta é a primeira vez que António Guterres se encontra com Donald Trump após ter sido eleito Secretário-Geral da ONU.

Donald Trump propôs a António Guterres um corte na ajuda que os Estados Unidos dão às Nações Unidas. O presidente norte-americano quer pagar menos 28 por cento para ajuda a estrangeiros. Os Estados Unidos é quem mais contribuiu monetariamente para a ONU.

Pagam 22 por cento do orçamento principal de 5,4 mil milhões de dólares e têm participação em 28,5 por cento dos orçamentos para missões de paz. Donald Trump está a rever as contribuições e parcerias que tem com as Nações Unidas com o objetivo de renovar uma boa parte delas.

Ainda durante o mês de Abril os Estados Unidos vão parar o financiamento à UNFPA, uma organização internacional que trabalha sobre assuntos relacionados com planeamento familiar e saúde materna e das crianças, em mais de 150 países.

António Guterres pediu que o presidente norte-americano reconsiderasse a decisão por colocar em causa o bem-estar de milhões de mulheres e crianças vulneráveis em todo o mundo. 

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistado no 360, da RTP3, o ministro das Finanças quis sublinhar que o seu cargo governativo não é exclusivo e pode ser compatível com a presidência do Eurogrupo.

Há muitas perguntas no caminho e muitas respostas que só o caminho pode dar. Pela Última Vez - Histórias sobre o fim que não acaba é o título de uma grande reportagem de Isabel Meira para a rádio pública.

Um atentado suicida em Manchester provocou 22 mortos e dezenas de feridos. A explosão decorreu no final de um concerto da digressão de Ariana Grande Dangerous Woman Tour.

    Um dos mais famosos discos dos Beatles faz agora 50 anos. O histórico álbum "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" regressou às lojas com várias edições especiais.