Arábia Saudita vai cortar mais da metade da produção diária de petróleo

por RTP

A Arábia Saudita vai cortar mais de metade da produção diária de petróleo. É uma consequência dos ataques de ontem, com drones, contra duas refinarias, sendo que uma delas é a mais importante do mundo.

Os Estados Unidos acusam o Irão de um "ataque sem precedentes" à energia mundial.

Os rebeldes Houthis, do Iémen, reivindicaram a autoria dos atentados. De acordo com a imprensa saudita, os incêndios nas duas instalações da petrolífera estatal estão agora controlados.

As imagens de satélite ilustram a dimensão do fumo ainda resultante dos ataques realizados ontem com recurso a dez drones.