Ataques suicidas em campo de refugiados no nordeste da Nigéria causam 16 mortos

| Mundo

Pelo menos dois ataques suicidas causaram no domingo 16 mortos num campo de refugiados na periferia de Maiguduri, capital do estado de Borno, nordeste da Nigéria, indicou hoje um porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Urgências (NEMA) nigeriana.

Segundo Abdulkadir Ibrahim, citado pela agência France Presse, duas mulheres detonaram os cintos de explosivos num campo de refugiados do conflito com o grupo extremista islâmico Boko Haram, provocando 16 mortos e numerosos feridos.

Os dois ataques ocorreram às 20:45 locais (19h45 de Lisboa) de domingo.

Tópicos:

Boko Haram, Nigéria, Urgências NEMA,

A informação mais vista

+ Em Foco

Os dados do sistema de Informação de Fogos Florestais da União Europeia (EFFIS) indicam que só entre os dias 14 e 15 de outubro arderam em Portugal continental cerca de 200 mil hectares.

    Na primeira entrevista pós-autárquicas, à Antena 1, Jerónimo de Sousa não poupou nas palavras. Afirmou que o "Governo ficou mal na fotografia e subestimou a situação" dos fogos.

    Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

      Acionar o artigo 155 da Constituição espanhola representa um momento único na História de Espanha. O Governo de Madrid já definiu os setores que quer controlar de imediato.