Atenas encara fecho da torneira do BCE como pressão sobre Eurogrupo

por Nuno Carvalho

Yves Herman, Reuters

Poucas horas depois de o ministro grego das Finanças ter sido recebido por Mario Draghi, o Banco Central Europeu anunciou que deixará de aceitar títulos de dívida como garantia de empréstimos à banca do Estado helénico. Uma decisão que o Governo de Alexis Tsipras diz ser uma forma de pressionar o Eurogrupo.

O Banco Central Europeu pediu ao Governo grego para "negociar rapidamente e de forma construtiva" com o Eurogrupo, de forma a assegurar a estabilidade financeira do país.

A Zona Euro tem de encontrar em breve uma solução sobre o programa de assistência financeira à Grécia, cujo calendário poderá esgotar-se no final de fevereiro.