Audição de Manuel Chang sobre extradição para os EUA adiada para quarta-feira

| Mundo

A audição do antigo ministro das Finanças de Moçambique Manuel Chang no caso das dívidas ocultas foi adiada para quarta-feira para dar tempo aos procuradores de preparem o caso, anunciou hoje o tribunal sul-africano.

De acordo com o magistrado judicial Sagra Subroyen, a apresentação do caso pelos procuradores foi adiada para quarta-feira para lhes dar tempo de prepararem a intervenção, no âmbito do pedido de extradição apresentado pelas autoridades norte-americanas.

Antes da decisão, o advogado de Manuel Chang já tinha apresentado a defesa do antigo ministro das Finanças, argumentando que o ex-governante devia ser posto em liberdade.

Tópicos:

Moçambique,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em Pedrógão Grande, dois anos depois dos incêndios, quase só os estrangeiros são atraídos para a região.

Uma equipa da RTP acompanhou o curso dos novos seguranças pessoais, "sombras" de quem protegem.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.