Autoridades brasileiras apreendem 1,8 toneladas de cocaína que seriam enviadas para a Europa

| Mundo

Quase 1,8 toneladas de cocaína foram apreendidas no porto de Santos, o maior do Brasil, dentro de um contentor com uma carga de limões que seria enviado para Espanha, anunciaram hoje as autoridades locais.

A operação, que data de sexta-feira, "apreendeu 1.787 quilos de cocaína", refere-se num comunicado da alfândega brasileira.

O mesmo órgão destacou que esta foi "a maior quantidade (de drogas) já apreendida num único contentor" no porto de Santos.

A droga, que estava escondida entre os limões em caixas de papelão, foi detetada por `scanners` de raios X e cães farejadores. A carga seria enviada para a cidade espanhola de Cartagena.

A Alfândega brasileira explicou que os traficantes provavelmente recorreram a uma técnica de "introduzir a droga no meio de uma carga legal sem o conhecimento dos exportadores e importadores dessa carga".

O porto de Santos é o local com maior número de apreensões de cocaína do Brasil. Em 2018, mais de 23 toneladas desta droga foram apreendidas no local.

Tópicos:

Cartagena,

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP ouviu os seis lideres partidários sobre temas que escapam aos programas políticos e que contribuem para definir o perfil dos candidatos.

    Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

    Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.