Autoridades de Macau reduzem para 8 o sinal de alerta de tempestade tropical

| Mundo

|

As autoridades de Macau baixaram hoje de 10 para 8 o alerta de tempestade tropical, enquanto o tufão Mangkhut se afasta gradualmente do território, e preveem a redução da intensidade do vento nas próximas horas.

O sinal 10, o máximo na escala de alerta, esteve em vigor durante nove horas. Durante esse período foram registados pelo menos 15 feridos.

A Lusa contactou o consulado-geral de Portugal em Macau e Hong Kong, que referiu não haver registo de vítimas entre a comunidade portuguesa. A tempestade tropical, classificada já como a maior do ano, causou pelo menos 64 mortos, 33 feridos e 45 desaparecidos nas Filipinas

O balanço provisório em Macau, feito até às 17:00 (10:00 em Lisboa), registava 155 incidentes.

A maioria dos casos assinalados pelo Centro de Operações da Proteção Civil (OPC) diz respeito a queda de reclamos, toldos, janelas e outros objetos (81), danos em construção, queda de reboco e outros objetos (28), queda de árvores (21) e de andaimes (12).

Para já foram reportados sete casos de inundações, uma das grandes preocupações das autoridades de Macau, uma vez que os Serviços Meteorológicos e Geofísicos (SMG) elevaram hoje para o nível máximo o aviso de "storm surge" (maré de tempestade), que ainda se mantém, devido às fortes inundações nas zonas baixas da cidade.

A população está a ser advertida para não sair à rua. Os ventos continuam fortes, a chuva continua muito intensa e as inundações estão a gerar preocupações, como conta João Francisco Pinto, diretor de Informação da TDM, Televisão de Macau.

De acordo com o Instituto para os Assuntos Cívicos de Macau, a suspensão de energia elétrica determinou o encerramento do local de encontro para evacuação de emergência no Mercado da Praia do Manduco, não existindo residentes dentro das instalações, ressalvou aquela entidade.

Para garantir a segurança da população e proteger os equipamentos de abastecimento de energia elétrica, estão fechados desde as 13:00 (06:00 em Lisboa) os portões das estações de transformação em algumas zonas.

A suspensão do abastecimento de energia elétrica está a afetar 20 mil clientes em zonas que incluem a Praia do Manduco, a Rua do Almirante Sérgio, a Avenida Almeida Ribeiro, a Rua Ribeira do Patane, o Porto Interior e a Doca do Lam Mau.

O impacto do tufão já levou o chefe do Governo de Macau a emitir um despacho no qual se determina o encerramento de todos os serviços públicos na segunda-feira, com exceção daqueles integrados na estrutura da Proteção Civil e de representação exterior.

Todas as instituições de ensino superior em Macau também suspenderam a sua atividade no domingo.

Já as instalações culturais sob a alçada do Instituto Cultural, incluindo locais relacionados com a promoção do património, bibliotecas públicas, museus e salas de exposições, entre outras, serão encerradas na segunda e na terça-feira ao público para que se proceda à inspeção e limpeza daqueles espaços.

 

c/Lusa

Tópicos:

Almirante Sérgio, Cívicos, Doca, Macau, Meteorológicos, Praia, Proteção, Ribeira,

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.