Avião com 71 pessoas a bordo despenha-se perto de Moscovo

| Mundo

|

Um avião operado pela Saratov Airlines despenhou-se perto de Moscovo. A notícia foi avançada pela agência russa Interfax. A bordo seguiam 65 passageiros e seis tripulantes.

Segundo a imprensa local, o avião tinha descolado há pouco do aeroporto Domodedovo, a principal infraestrutura aeroportuária do país.

Depois da descolagem, o avião sobrevoou ainda alguns quilómetros. Desapareceu dos radares cerca de três minutos depois de ter abandonado a pista do aeroporto moscovita e despenhou-se no distrito de Ramensky da região de Moscovo.

O aparelho em causa é um Antonov An-148 da companhia aérea Saratov Airlines que seguia rumo a Orsk, uma cidade dos Montes Urais que fica perto da fronteira com o Cazaquistão.

Uma fonte dos serviços de emergência russos avançou à agência noticiosa TASS que não há sobreviventes. Seguiam a bordo 71 pessoas, entre os quais 65 passageiros e seis tripulantes.

A informação mais vista

+ Em Foco

O antigo procurador-geral da República do Brasil revelou à RTP que já recebeu várias ameaças de morte e defendeu uma reforma profunda do sistema político brasileiro.

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

    O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.