Avião com 71 pessoas a bordo despenha-se perto de Moscovo

| Mundo

|

Um avião operado pela Saratov Airlines despenhou-se perto de Moscovo. A notícia foi avançada pela agência russa Interfax. A bordo seguiam 65 passageiros e seis tripulantes.

Segundo a imprensa local, o avião tinha descolado há pouco do aeroporto Domodedovo, a principal infraestrutura aeroportuária do país.

Depois da descolagem, o avião sobrevoou ainda alguns quilómetros. Desapareceu dos radares cerca de três minutos depois de ter abandonado a pista do aeroporto moscovita e despenhou-se no distrito de Ramensky da região de Moscovo.

O aparelho em causa é um Antonov An-148 da companhia aérea Saratov Airlines que seguia rumo a Orsk, uma cidade dos Montes Urais que fica perto da fronteira com o Cazaquistão.

Uma fonte dos serviços de emergência russos avançou à agência noticiosa TASS que não há sobreviventes. Seguiam a bordo 71 pessoas, entre os quais 65 passageiros e seis tripulantes.

A informação mais vista

+ Em Foco

A revelação foi feita durante uma entrevista exclusiva à RTP à margem da cimeira de CPLP, que decorreu esta semana em Cabo Verde.

Em entrevista à RTP, Graça Machel revela que o grande segredo de Nelson Mandela era fazer sentir a cada pessoa com quem falava que era a mais importante.

O economista guineense Carlos Lopes, em entrevista à RTP, considera que a Europa tem discutido as migrações e outras questões africanas, sem consultar os africanos.

    Apesar da legislação contra estas situações, os Estados Unidos são dos países que mais importam produtos em risco de serem produzidos através de trabalhos forçados.