Avião com 71 pessoas a bordo despenha-se perto de Moscovo

| Mundo

|

Um avião operado pela Saratov Airlines despenhou-se perto de Moscovo. A notícia foi avançada pela agência russa Interfax. A bordo seguiam 65 passageiros e seis tripulantes.

Segundo a imprensa local, o avião tinha descolado há pouco do aeroporto Domodedovo, a principal infraestrutura aeroportuária do país.

Depois da descolagem, o avião sobrevoou ainda alguns quilómetros. Desapareceu dos radares cerca de três minutos depois de ter abandonado a pista do aeroporto moscovita e despenhou-se no distrito de Ramensky da região de Moscovo.

O aparelho em causa é um Antonov An-148 da companhia aérea Saratov Airlines que seguia rumo a Orsk, uma cidade dos Montes Urais que fica perto da fronteira com o Cazaquistão.

Uma fonte dos serviços de emergência russos avançou à agência noticiosa TASS que não há sobreviventes. Seguiam a bordo 71 pessoas, entre os quais 65 passageiros e seis tripulantes.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, o candidato derrotado nas diretas do PSD diz que o partido deve serenar após o Congresso e admite que vai ser “muito difícil ganhar eleições" no quadro atual.

Nicolás Maduro quer alargar poderes e, para tal, leva a cabo eleições antecipadas. É um "golpe constitucional", na leitura de Filipe Vasconcelos Romão, comentador da Antena 1.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.