Avião da Força Aérea da Rússia aterrou no principal aeroporto da Venezuela

| Mundo

Um avião da Força Aérea da Rússia aterrou segunda-feira no principal terminal aéreo da Venezuela, o Aeroporto Internacional Simón Bolívar de Maiquetía (norte de Caracas) informou hoje a imprensa venezuelana.

Trata-se do avião Ilyushin 62, matrícula RA-86496 e corresponde, segundo a página da internet de rastreio de movimento aéreos, Flightradar24, à mesma aeronave que em março último esteve no mesmo aeroporto.

De momento não houve nenhuma declaração oficial sobre a presença da aeronave russa em território venezuelano.

Através da rede social Twitter, o senador norte-americano Rick Scott atribuiu a chegada da aeronave a uma "má decisão" do Governo russo.

"Má decisão. A Rússia deve prestar atenção às nossas advertências. Recordaremos quem apoia a gente da Venezuela e quem está com o seu opressor, Nicolás Maduro: Não o esqueceremos", escreveu o republicano.

Em março último, dois aviões da Força Aérea da Rússia, aterraram no Aeroporto Internacional Simón Bolívar de Maiquetía, com, segundo a imprensa local, 100 soldados a bordo.

A presença das aeronaves fez aumentar as tensões entre Washington e Moscovo, com o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump a instar a Rússia a retirar as suas tropas da Venezuela.

Na altura o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia explicou aos jornalistas que se tratavam de peritos que prestavam formação a armamento vendido a Caracas.

Tópicos:

Ilyushin,

A informação mais vista

+ Em Foco

Pela primeira vez desde que assumiu o mandato, o secretário-Geral da ONU fala abertamente à RTP dos principais conflitos globais.

É até hoje a mais icónica das aventuras da exploração espacial. Há 50 anos, o Homem chegava à Lua à boleia da NASA. Percorrermos aqui todos os detalhes da missão, dia a dia.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.