Brasil. Prosseguem as manifestações contra a destruição da Amazónia

por RTP

Estão marcadas para hoje novas manifestações em defesa da Amazónia, que continua ser destruída pelas chamas. Um dos grandes protestos vai ocorrer no Rio de Janeiro.

Para a floresta Amazónica foram já enviados 2 aviões da Força Aérea com capacidade para transportar 12 mil litros de uma mistura de água com produtos químicos para combater as chamas.

As Forças Armadas têm um contingente de 43 mil homens na Amazónia.

O número de incêndios no Brasil aumentou 83% este ano, em comparação com igual período do ano passado.

Registaram-se quase 73 mil focos de incêndio até 19 de agosto.

Argentina, Venezuela, Chile e Colômbia já se ofereceram para ajudar a controlar os fogos na Amazónia.

As comunidades indígenas brasileiras reafirmam a vontade de ficar no território e prometem defender a floresta.
pub