Bruxelas quer aumentar para 123 mil milhões de euros verba para Ação Externa em 2021-2027

| Mundo

|

A Comissão Europeia propôs hoje um aumento de 30% na verba para os 123 mil milhões de euros na verba prevista para a Ação Externa da União Europeia no quadro financeiro plurianual (QFP) 2021-2027.

A Comissão Europeia quer aumentar o financiamento da Ação Externapara os 123 mil milhões de euros no próximo orçamento plurianual, uma aumento de 30% face aos 94,5 mil milhões inscritos no QFP em vigor, que termina em 2020.

A maior parte da verba (89,2 mil milhões de euros) é alocada para o Instrumento para a Vizinhança, desenvolvimento e Cooperação Internacional, que tem um pilar geográfico (países vizinhos e África subsaariana), um pilar temático (direitos humanos e democracia, estabilidade, etc.) e um outro de resposta rápida (para resposta a crises e apoio de prevenção de conflitos).

O orçamento da ação externa da UE, segundo um comunicado da Comissão Europeia, "é o principal instrumento para o apoio a países terceiros nas suas transformações políticas e económicas para a sustentabilidade, a estabilidade, a consolidação da democracia, o desenvolvimento socioeconómico e a erradicação da pobreza".

A UE é o principal doador internacional.

Tópicos:

Ação Externapara,

A informação mais vista

+ Em Foco

No mês do Mundial de futebol a RTP faz uma radiografia da vida na Rússia.

    Entrevista a António Mateus para o programa "Olhar o Mundo". Veja aqui.

    Um olhar aos altos e baixos da relação entre o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

      Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.