Cerca de 80.000 polícias mobilizados para as manifestações dos "coletes amarelos" em França

| Mundo

Cerca de 80.000 polícias foram mobilizados em todo a França, 5.000 destes em Paris, para o décimo dia de manifestações dos "coletes amarelos", anunciaram hoje as autoridades francesas.

Os principais monumentos da capital estarão hoje rodeados por um importante dispositivo antimotim para evitar a repetição de imagens de confrontos e vandalizações do espaço público nas manifestações anteriores.

A principal manifestação em Paris está prevista para acontecer na Esplanada dos Inválidos, em frente ao túmulo de Napoleão, embora os "coletes amarelos" não tenham o hábito de divulgar os locais dos protestos antecipadamente.

Será o décimo sábado consecutivo em que o grupo vai para as ruas vestido com coletes amarelos, peça obrigatória em todos os veículos para o caso de algum acidente.

Depois de uma queda geral no número de participantes, no sábado passado o movimento ganhou novamente algum vigor, com 84.000 manifestantes em todo o país, de acordo com dados do Ministério do Interior francês.

Hoje será o primeiro dia de protesto depois de o Presidente francês, Emmanuel Macron, ter lançado um grande debate nacional, uma fórmula com a qual pretende que as queixas dos cidadãos sejam canalizadas através do diálogo em vez de protestos de rua.

Os autoproclamados porta-vozes dos "coletes amarelos" já desacreditaram esse debate nacional e apelaram ao aumento das manifestações.

Os "coletes amarelos" começaram os protestos devido ao aumento do preço dos combustíveis em França, mas passou rapidamente a ser um protesto contra as atuais condições de vida dos franceses, como a perda de poder de compra e contra o Governo do Presidente Macron.

Tópicos:

Esplanada,

A informação mais vista

+ Em Foco

Nos 45 anos do 25 de Abril, a RTP mostra-lhe em exclusivo um documento inédito sobre o período do PREC (Período Revolucionário em Curso 1974 – 1976).

Dois gorilas do Parque Nacional de Virunga, na República Democrática do Congo, estão a encantar a Internet com os seus dotes para as selfies.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.