Chegou o momento de os cidadãos ajudarem a moldar a UE

por Lusa
Reuters

A presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE) disse hoje ter "chegado o momento" de os cidadãos da União Europeia contribuírem para moldar uma Europa que responda às suas expectativas.

"Chegou o momento de os nossos cidadãos partilharem ativamente as suas apreensões e as suas ideias", salientou, em comunicado, o primeiro-ministro, António Costa, a propósito do lançamento, hoje, da plataforma digital multilingue através da qual qualquer cidadão pode contribuir para a Conferência sobre o Futuro da Europa.

"Esperamos continuar a forjar, juntos, a Europa do futuro, uma Europa mais justa, mais verde e mais digital, que responda às expectativas dos nossos cidadãos", adiantou o primeiro-ministro, num comunicado conjunto com os outros copresidentes do evento que arranca oficialmente em 09 de maio: os presidentes do Parlamento europeu, David Sassoli, e da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

Costa acrescentou ainda que o debate sobre o futuro da Europa "é mais oportuno do que nunca", salientando a necessidade de preparar o futuro, uma vez vencida a pandemia de covid-19.

A presidente do executivo comunitário apelou à participação dos cidadãos europeus, referindo que em conjunto se poderá "construir o futuro" que se pretende para a União Europeia.

"Convidamos os europeus a pronunciarem-se sobre a Europa em que querem viver", referiu ainda Von der Leyen, adiantando que a plataforma dá "a todos a oportunidade de contribuírem para moldar o futuro da Europa"

Os cidadãos europeus podem contribuir desde hoje para o debate sobre o Futuro da Europa através de uma plataforma digital multilingue lançada especialmente para tal, esperando a presidência portuguesa da UE um debate "politicamente orientado".

Sassoli, por seu lado, acrescentou que a plataforma vem garantir que as vozes dos cidadãos são ouvidas, que estes "intervêm no processo decisório" e que a democracia europeia representativa e interventiva "continuará a ser exercida".

A plataforma digital, disponível em 24 línguas, permite aos cidadãos de toda a UE partilhar e trocar ideias e pontos de vista em eventos organizados em linha, sendo acessível através do endereço https://futureu.europa.eu/.

A plataforma pretende reunir contributos diretos dos cidadãos para a Conferência sobre o Futuro da Europa, que é oficialmente lançada em 9 de maio em Estrasburgo, França, com a duração prevista de um ano.

 

Tópicos
pub