Cientistas criam dispositivo que permite administrar tratamentos diretamente no coração

| Mundo

Cientistas criaram um dispositivo que permite fornecer diretamente ao coração células para tratar os efeitos posteriores de um ataque cardíaco, foi hoje divulgado.

O dispositivo, que possibilita igualmente o envio de medicamentos e proteínas para o tecido do coração lesionado, segundo os seus inventores, foi desenvolvido por uma equipa internacional liderada por investigadores da universidade norte-americana de Harvard.

Implantado no coração, o "Therepi" contém um biomaterial semelhante a uma esponja que retém e liberta o tratamento através da superfície permeável do dispositivo.

O biomaterial pode ser ligado a uma bomba fora do corpo quando necessita de ser recarregado com medicamentos ou outras substâncias terapêuticas, refere em comunicado a Faculdade de Engenharia e Ciências Aplicadas John A. Paulson da Universidade de Harvard.

Num ensaio pré-clínico, os investigadores conseguiram com o dispositivo aumentar a função do coração durante mais de um mês quando células estaminais (células que se diferenciam noutras, nomeadamente nas cardíacas) foram colocadas repetidamente no reservatório para tratar o músculo cardíaco.

A informação mais vista

+ Em Foco

O Estado de Kerala, na Índia, está a enfrentar as piores cheias do último século. As chuvas torrenciais fizeram 350 mortos e deixaram cerca de 350 mil pessoas desalojadas.

    Os depósitos foram descobertos nas regiões polares. Se houver gelo suficiente na superfície, a água poderá ser utilizada em futuras missões ao satélite natural.

    Ocupou durante 60 anos vários cargos nas Nações Unidas e viria a deixar a sua marca na história da organização. Kofi Annan morreu em Berna aos 80 anos.

    Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.