Cientistas partilham nos Açores descobertas científicas nos oceanos

por Lusa
A cimeira visa a partilha de descobertas científicas nos oceanos Pedro A. Pina - RTP

Cientistas e exploradores de vários países reúnem-se a partir desta segunda-feira nos Açores num encontro anual de partilha de descobertas científicas nos oceanos, no espaço e no ambiente, mas também para discutir futuras missões nestas áreas.

A terceira edição da GLEX Summit, uma organização conjunta do Clube de Exploradores de Nova Iorque e da portuguesa Expanding World, junta nos próximos quatro dias as “maiores lendas vivas da exploração a nível mundial”, segundo a organização.

Entre os mais de 50 oradores de várias áreas do conhecimento, constam James Garvin, cientista chefe da NASA e líder da missão DAVINCI a Vénus, o astronauta Michael López-Alegría, comandante da primeira missão privada à Estação Espacial Internacional, Bertrand Piccard, explorador suíço e pioneiro da aviação solar, e Rosaly Lopes, astrónoma brasileira que descobriu o maior número de vulcões ativos.

O Clube dos Exploradores foi fundado em Nova Iorque em 1904 e tem cerca de 3.000 membros e entre eles, ao longo das décadas, estão pessoas que chegaram pela primeira vez a locais como o Pólo Norte, o Pólo Sul, a Lua, o topo do monte Evereste e o ponto mais fundo do oceano conhecido, na fossa das Marianas.

pub