Cisjordânia, incerteza permanente

| Mundo
Cisjordânia, incerteza permanente

Foto: José Manuel Rosendo - Antena 1

A incerteza da vida na Cisjordânia ocupada pode significar acordar e ter de fazer um caminho diferente do habitual. Foi o que aconteceu na aldeia de Beita, onde os habitantes acordaram com a entrada principal cortada.

Nesta aldeia de 15 mil habitantes também houve manifestações e o exército israelita respondeu com o bloqueio da estrada. Os habitantes dizem que não foi a primeira vez.

O problema acabou por ser resolvido algumas horas depois e o presidente da Câmara local explicou que a Autoridade Palestiniana conseguiu desbloquear a a questão junto das autoridades israelitas. A reportagem é do enviado especial da Antena 1 José Manuel Rosendo.

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Um dos mais conceituados politólogos sul-coreanos revelou à RTP o modo de pensar e agir de Pyongyang.

    Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.