Computadores e "tablets" restringidos em voos para os EUA

| Mundo
Computadores e tablets restringidos em voos para os EUA

Foto: Carlo Allegri - Reuters

Computadores portáteis ou tablets vão ser proibidos na bagagem de mão em determinados voos com destino aos Estados Unidos.

Segundo a agência Reuters, as autoridades norte-americanas preparam-se para impedir já a partir desta terça-feira os passageiros provenientes de alguns países do Médio Oriente e norte de África de transportarem na cabina dos aviões aparelhos eletrónicos maiores que telemóveis.

Uma determinação que surge depois de uma ameaça terrorista não especificada, como conta a jornalista Olívia Santos.

A Casa Branca não comenta a notícia avançada pela agência Reuters.

Uma medida que vai abranger mais de uma dúzia de companhias aéreas não norte-americanas e sediadas, na maioria, em países do Médio Oriente e norte de África.

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistado no 360, da RTP3, o ministro das Finanças quis sublinhar que o seu cargo governativo não é exclusivo e pode ser compatível com a presidência do Eurogrupo.

Há muitas perguntas no caminho e muitas respostas que só o caminho pode dar. Pela Última Vez - Histórias sobre o fim que não acaba é o título de uma grande reportagem de Isabel Meira para a rádio pública.

Um atentado suicida em Manchester provocou 22 mortos e dezenas de feridos. A explosão decorreu no final de um concerto da digressão de Ariana Grande Dangerous Woman Tour.

    Um dos mais famosos discos dos Beatles faz agora 50 anos. O histórico álbum "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" regressou às lojas com várias edições especiais.