Computadores e "tablets" restringidos em voos para os EUA

| Mundo
Computadores e tablets restringidos em voos para os EUA

Foto: Carlo Allegri - Reuters

Computadores portáteis ou tablets vão ser proibidos na bagagem de mão em determinados voos com destino aos Estados Unidos.

Segundo a agência Reuters, as autoridades norte-americanas preparam-se para impedir já a partir desta terça-feira os passageiros provenientes de alguns países do Médio Oriente e norte de África de transportarem na cabina dos aviões aparelhos eletrónicos maiores que telemóveis.

Uma determinação que surge depois de uma ameaça terrorista não especificada, como conta a jornalista Olívia Santos.

A Casa Branca não comenta a notícia avançada pela agência Reuters.

Uma medida que vai abranger mais de uma dúzia de companhias aéreas não norte-americanas e sediadas, na maioria, em países do Médio Oriente e norte de África.

A informação mais vista

+ Em Foco

Num contexto de retorno do medo ao Reino Unido, a diplomata britânica Kirsty Hayes aponta a importância de todos os habitantes de Londres estarem unidos.

Foram mais de três horas de debate a cinco mas sem grandes novidades. Le Pen defendeu o fim da imigração. Macron foi atacado pelas ligações à banca.

Estarão os nossos equipamentos comprometidos? O especialista em cibersegurança Pedro Queirós alerta para um problema "assustador".

    Em São Bento, uma fotografia denuncia a localização da Fundação Mário Soares, uma instituição de utilidade pública, cujo futuro está ainda a ser pensado.