Computadores e "tablets" restringidos em voos para os EUA

| Mundo
Computadores e tablets restringidos em voos para os EUA

Foto: Carlo Allegri - Reuters

Computadores portáteis ou tablets vão ser proibidos na bagagem de mão em determinados voos com destino aos Estados Unidos.

Segundo a agência Reuters, as autoridades norte-americanas preparam-se para impedir já a partir desta terça-feira os passageiros provenientes de alguns países do Médio Oriente e norte de África de transportarem na cabina dos aviões aparelhos eletrónicos maiores que telemóveis.

Uma determinação que surge depois de uma ameaça terrorista não especificada, como conta a jornalista Olívia Santos.

A Casa Branca não comenta a notícia avançada pela agência Reuters.

Uma medida que vai abranger mais de uma dúzia de companhias aéreas não norte-americanas e sediadas, na maioria, em países do Médio Oriente e norte de África.

A informação mais vista

+ Em Foco

Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

    Mário Centeno também deixou no ar a ideia de que, na discussão da especialidade do OE2018, seja posto um ponto final nos cortes do subsídio de desemprego.

    João Guerreiro, presidente da comissão que elaborou o relatório sobre Pedrógão Grande, enumera responsabilidades "momentâneas" e "estruturais".

    Os governos espanhol e catalão além de estarem de costas voltadas entrincheiraram-se em narrativas de auto-justificação absolutamente incompatíveis entre si.