Cruz Vermelha Portuguesa confirma dificuldades na Síria

| Mundo
Cruz Vermelha Portuguesa confirma dificuldades na Síria

Foto: Reuters

O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou um cessar-fogo para a Síria, mas as bombas continuam a cair sobre o território.

O secretário-geral da Cruz Vermelha Portuguesa espera, no entanto, que a situação comece a melhorar para que a ajuda humanitária chegue à população.

Numa conversa com o jornalista Miguel Bastos, Alexandre Abrantes diz que as notícias
que lhe chegam do terreno dão conta de que permanecem as dificuldades para retirar os feridos das zonas de combate.

Este responsável considera que a maior dificuldade para que tal aconteça tem sido o número de fações em confronto no terreno.

A Cruz Vermelha Portuguesa está a pedir donativos para ajudar a população síria, através do Fundo de emergência. Pode-se obter mais informação no site da Cruz Vermelha Portuguesa.

A informação mais vista

+ Em Foco

A presidente do CNAPN diz que a chave está nos líderes das mesquitas e pede mais apoio do Alto Comissariado para as Migrações.

    Entrevista a António Mateus para o programa "Olhar o Mundo". Veja aqui.

    Sintra podia ser uma "mini Davos". A sugestão foi feita informalmente por um dos académicos que participou na reunião do BCE concluída em 20 de junho.

      Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.