Direitos sociais. Ministros criam autoridade europeia do Trabalho

| Mundo
Direitos sociais. Ministros criam autoridade europeia do Trabalho

Foto: Manuel de Almeida - Lusa

Os ministros do Trabalho e da Segurança Social da União Europeia querem que as condições de trabalho sejam mais fiscalizadas e que a proteção social seja uma realidade para todas as formas de trabalho.

Vieira da Silva diz que foram dados passos importantes neste sentido, em Bruxelas, onde Portugal se juntou ao apelo para que a comissão reforce a luta contra a discriminação de género.

Dezanove Estados-membro, entre os quais Portugal, assinaram também uma declaração que apela à comissão para reforçar políticas e iniciativas no combate à discriminação de género em específico no que se refere às diferentes orientações sexuais


Neste Conselho de Emprego foi ainda anunciada a realização, em Portugal, da quarta conferência da Europa e do mediterrâneo dos ministros do Trabalho. Será a 2 e 3 de abril do próximo ano, em Cascais.

A informação mais vista

+ Em Foco

O ministro dos Negócios Estrangeiros considera, em entrevista à Antena 1, que Portugal tem a vantagem de não ter movimentos populistas organizados.

    Segundo um relatório da Amnistia Internacional, o número de mulheres vítimas de violência doméstica em Portugal continua elevado.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.