Documentos secretos mostram que China tentou mascarar números da pandemia

por RTP

A China forneceu números menos graves do que os reais no início da pandemia e demorou, por vezes, três semanas a diagnosticar casos positivos em Wuhan.

As informações constam de documentos internos a que a CNN teve acesso e que lançam ainda mais polémica sobre a forma como os chineses geriram a situação.

A Organização Mundial de Saúde garante que continua empenhada numa investigação independente.
pub