Eduardo Lourenço não antevê segundo fôlego para os fascismos na Europa

| Mundo
Eduardo Lourenço não antevê segundo fôlego para os fascismos na Europa

Foto: rtp

O ensaísta Eduardo Lourenço está hoje de parabéns, completa 96 anos. No final de uma homenagem em Lisboa, Eduardo Lourenço disse acreditar que tanto em França, como em Itália, o fascismo não vai ressurgir.

No que respeita a Portugal, a situação é diferente, diz Eduardo Lourenço que acrescenta que Portugal é um continente dentro da Europa.

Eduardo Lourenço passa a dar nome ao prémio Livraria Lello - Eduardo Lourenço. A cerimónia contou com a presença do primeiro-ministro no palácio Foz, em Lisboa. António Costa afirmou que este é um dia de festa para a cultura portuguesa.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em Orlando, Donald Trump apresentou-se como vítima do jornalismo “fake” e insistiu no ataque à imigração ilegal.

Ján Kuciak e Martina Kusnírová foram encontrados mortos em casa, perto de Bratislava, a 26 de fevereiro de 2018.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.