Eleitores australianos votam hoje para escolher 46.º parlamento

| Mundo

Australia em eleições legislativas
|

Os eleitores australianos estão hoje a votar para eleger o 46.º parlamento nacional, com os líderes da coligação do atual Governo e dos trabalhistas, que as sondagens apontam como favoritos, a preverem um resultado próximo.

Apesar disso, os trabalhistas mostram-se mais confiantes, com Bill Shorten, que as sondagens apontam como o próximo primeiro-ministro, a dizer aos jornalistas, depois de votar, que caso o seu Governo seja eleito começará a trabalhar "de imediato".

"Estou confiante que os Trabalhistas vão vencer porque temos um plano positivo para uma mudança real que pare o caos", disse Shorten.

O líder dos trabalhistas já detalhou inclusive planos para a primeira reunião do Conselho de Ministros, prometendo apresentar como primeira ordem de trabalhos a eliminação de cortes a compensações salariais.

"A minha primeira legislação será para reverter os cortes nos salários. Convocaremos o parlamento o mais rapidamente possível para iniciar uma ação sobre as alterações climáticas", disse.

Scott Morrison, o primeiro-ministro cessante, mostra-se menos confiante, antecipando que será "a eleição mais próxima em muitos, muitos anos".

Um dos últimos fatores a poder ter efeito no resultado foi a morte, anos 99 anos, na véspera da votação, de Bob Hawke, o líder do Partido Trabalhista que governou mais anos.

Recorde-se que neste voto a Câmara de Representantes terá mais um lugar, para um total de 151, com a coligação a partir com apenas um lugar de vantagem (73 contra 72) sobre os trabalhistas.

No voto de hoje serão igualmente eleitos metade dos votos do Senado, a câmara alta.

O voto de hoje ocorre depois de uma campanha tensa, com comentários nas redes sociais a levarem à demissão ou expulsão de vários candidatos, de várias forças políticas.

As urnas fecham às 18:00 (em cada fusão horário australiano), sendo que o resultado final pode demorar mais a conhecer do que o normal -- especialmente se os resultados forem próximos.

Este ano, mais de 4,7 milhões de eleitores votaram antecipadamente, o que condiciona o processo de contagem, com a Comissão Eleitoral a admitir que isso pode atrasar o anúncio dos resultados.

Normalmente, o resultado é conhecido cerca das 20:00 (11:00 em Lisboa).

A informação mais vista

+ Em Foco

A Festa dos Tabuleiros regressa às ruas da cidade de Tomar. Um longo desfile em que 750 tabuleiros são transportados por mulheres.

    Os líderes europeus não chegaram a acordo sobre quem deve liderar a União nos próximos cinco anos.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.