Emmanuel Macron diz que reunir 44 países europeus mostra unidade

por Margarida Vaz - Antena 1

Decorreu na quinta-feira a primeira reunião da nova Comunidade Política Europeia e Emmanuel Macron, no seu discurso, reiterou o apoio à Ucrânia e a necessidade de estes 44 países protegerem, em conjunto, as infraestruturas essenciais.

Emanuel Macron foi o autor desta ideia política e mostrou-se satisfeito no final da reunião.

O presidente francês reafirmou em Praga a oposição à construção de um gasoduto que ligue a Península Ibérica ao resto da Europa e diz que a aposta é na produção elétrica, no nuclear e no hidrogénio.
Para Macron, o gás é um recurso natural finito e a aposta não deve passar por construir infrastruturas que, dentro de alguns anos, se tornem inúteis.

pub