Ex-candidato à Casa Branca John McCain estável após operação

| Mundo

O ex-candidato republicano à Casa Branca John McCain, que luta há meses contra um tumor cerebral, foi operado no passado domingo e o seu "estado é estável", anunciou uma porta-voz.

O senador do Arizona, de 81 anos, foi operado em Phoenix, capital do sudoeste dos Estados Unidos, "para tratar uma infeção intestinal", disse Julie Tarallo, na segunda-feira, um dia após a cirurgia.

McCain luta desde o ano passado contra um glioblastoma, uma forma de tumor maligno no cérebro, que forçou o veterano da guerra do Vietname a reduzir a sua participação no Congresso.

Poucos dias depois de conhecer o diagnóstico, em julho, McCain atrasou o início do tratamento para votar, juntamente com outros dois republicanos, contra a derrogação do Obamacare, do ex-Presidente norte-americano Barack Obama, contrariando os planos de Donald Trump, que queria pôr fim à reforma na Saúde implementada pelo antecessor.

Candidato à presidência dos Estados Unidos em 2008, venceu a disputa pela vaga republicana com Mike Huckabee, Rudolph Giuliani e Mitt Romney. Mais tarde, perdeu a corrida à Casa Branca para o vencedor das primárias do Partido Democrata, Barack Obama.

Prisioneiro de guerra no Vietname, John McCain foi eleito pela primeira vez para a Câmara dos Representantes em 1982. É senador desde 1987.

Tópicos:

Arizona, Mike Huckabee Rudolph Giuliani, Vietname,

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistada no Telejornal, a ministra da Saúde admitiu que reunir o consenso do PSD "não foi algo que tenha passado pelas preocupações do Governo".

A fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda continua a ser a maior dor de cabeça interna de Theresa May.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.