Fragata brasileira resgata 31 refugiados sírios na costa do Líbano

| Mundo

Uma fragata do Brasil ajudou na terça-feira a resgatar 31 refugiados sírios, incluindo várias mulheres e crianças, de um barco à deriva na costa do Líbano, informaram na quinta-feira fontes oficiais brasileira.

A embarcação, sem combustível, foi localizada pela fragata "Liberal", um navio-tanque da Força Interina da ONU no Sul do Líbano (UNIFIL), a cerca de 65 quilómetros de Beirute, capital libanesa.

De acordo com um comunicado do Ministério da Defesa brasileiro, os imigrantes sírios, que tinham como destino Chipre, estavam "bastante debilitados" devido à falta de comida e água potável há pelo menos três dias.

A fragata vai prestar a assistência necessária até à chegada de dois barcos patrulha responsáveis pelo transporte até ao continente, acrescentou o comunicado, citado pela agência de notícias espanhola EFE.

Tópicos:

Chipre, Interina,

A informação mais vista

+ Em Foco

Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

    O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.

      Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.

        Faltam seis meses para a saída do Reino Unido da União Europeia. Dia 29 de março de 2019 é a data para o divórcio. A RTP agrega aqui uma série de reportagens sobre o que o Brexit pode significar.