Frelimo aprova resolução de apoio à recandidatura de Nyusi à liderança do partido

| Mundo

A comissão política da Frelimo aprovou hoje uma resolução de apoio à recandidatura de Filipe Nyusi à liderança do partido.

"A comissão política delibera, por unanimidade e aclamação, apresentar ao 11.º Congresso, a ter lugar de 26 de setembro a 1 de outubro, na cidade da Matola" a candidatura de Filipe Nyusi para o cargo de presidente da Frelimo, lê-se na resolução.

A candidatura do atual Presidente da República e líder do partido no poder é a única conhecida quando faltam 15 dias para o encontro partidário.

Entre outros aspetos, a comissão política justifica a escolha por considerar que Filipe Nyusi tem sido a figura promotora de "resultados positivos que se registam no processo de recuperação" da economia moçambicana e no processo "de busca da paz efetiva no país".

O partido refere ainda que o "orgulho" em ter o atual líder como "timoneiro" reflete o sentimento dos órgãos centrais e locais da Frelimo, bem como das suas organizações sociais.

A informação mais vista

+ Em Foco

Na edição deste sábado do 360, na RTP3, o jornalista António Louçã, autor da grande reportagem "Alemanha: o reverso da medalha", resumiu o contexto económico e social no chamado motor da Europa, em véspera de ida às urnas.

A Alemanha vai a votos com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.

    Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

      Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.