Governo português apresentou condolências ao Presidente mexicano - Costa

| Mundo

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou hoje que o Governo português já enviou as suas condolências ao Presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, pela ocorrência de mais um sismo que já fez até agora 92 mortos.

"Já apresentámos as nossas condolências ao povo mexicano e ao Presidente da República Federativa do México por mais esta catástrofe natural. Estamos perante uma catástrofe natural que entristece todos", declarou António Costa, no final de uma reunião de chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), em Nova Iorque, na sede da missão do Brasil nas Nações Unidas.

As autoridades mexicanas elevaram para 119 o número de mortos na sequência do sismo de magnitude 7,1 na escala de Richter que atingiu terça-feira vários Estados do México.

O sismo teve o seu epicentro a 12 quilómetros a sudeste de Axochiapan, no estado central de Morelos, a uma profundidade de 57 quilómetros, e destruiu uma ponte que liga a capital, a Cidade do México, com Acapulco.

Tópicos:

Federativa, México,

A informação mais vista

+ Em Foco

Ocupou durante 60 anos vários cargos nas Nações Unidas e viria a deixar a sua marca na história da organização. Kofi Annan morreu em Berna aos 80 anos.

Quem pensa que a “Guerra das Estrelas” é apenas o título de uma saga de ficção científica não está a par do que Estados Unidos e Rússia estão a engendrar.

Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.

    Fãs de Aretha Franklin homenagearam a icónica cantora norte-americana em várias cidades dos Estados Unidos. A rainha da Soul morreu na manhã de quinta-feira na sua casa em Detroit.